Dia Internacional da Mulher

6 de março de 2009 - por Aparecida Liberato

Desde 1975, foi instituída a data de 8 de março para comemorar o Dia Internacional da Mulher, na qual se reconhece suas conquistas independentemente da etnia, religião, idioma, cultura, nacionalidade, ideologia política ou status econômico.

Desde então, muitas mulheres do mundo inteiro, em todas as áreas de atividade, têm sido citadas e homenageadas. Com a Numerologia, é possível observar as características que fazem parte da personalidade de algumas dessas mulheres, que se destacam por suas realizações e sua influência sobre as outras pessoas.

As celebridades estudadas são Ivete Sangalo, a intérprete vigorosa que levanta multidões com seus shows; a dama das artes cênicas, Fernanda Montenegro, a atriz Angelina Jolie,;a apresentadora de TV norte-americana, Oprah Winfrey, considerada a mulher mais  influente do mundo; a candidata à presidência dos EUA Hillary Clinton; a escritora britânica J. K. Rowling, autora dos livros da famosa e premiada série Harry Potter; a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, a primeira mulher a ocupar este cargo na história do país;  Michelle Bachelet, presidente do Chile, também a primeira mulher a ocupar este cargo na história do país; Pratibha Patil, ex presidente da Índia.

É fato que o número 7 aparece nos mapas de todas essas personalidades, mostrando claramente que a intuição é um fator fundamental na vida da mulher.

A intuição é conhecida como o sexto sentido. Jung a comparou com uma bússola, e afirmou que é uma função do cérebro que investiga e percebe possibilidades. Significa poder relacionar, de maneira eficaz, as informações dos cérebros direito (símbolos) e esquerdo (dados concretos). O segredo para fazer isso, que é o que as mulheres conseguem muito bem, depende da capacidade de perceber todos os estímulos e interpretar as informações concretas e as subjetivas.

Além da intuição, o número 7, traz a essas pessoas a capacidade de análise, que permite observar, reconhecer e avaliar informações e assim traduzi-las para a solução de problemas. Este é o número da lógica.

A pessoa 7 é também um pesquisador. Não se satisfaz com explicações simplistas. Mergulha a fundo em um assunto, até encontrar respostas lógicas e perfeitas.

O número 7 geralmente é o especialista. Consegue desenvolver uma habilidade muito especial, diferenciada, na atividade a que se dedica.

O outro número que aparece na vida dessas personalidades é o número mestre 11, o que traz a capacidade de transformar a vida dos outros, de ser luz e assim inspirar as outras pessoas. É um número que contribui para o idealismo e para a concretização de grandes projetos.

Claro, existem números específicos de acordo com a atividade à qual cada uma dessas mulheres se dedica:

os números do comando e da liderança, 8 e 1, encontrados em Pratibha Patil, Michelle Bachelet, Angela Merkel e Hillary Clinton; os números da comunicação, 5 e 3, encontrados em Oprah, J.K.Rowling e Fernanda Montenegro; o número do amor e da solidariedade 6, encontrado em Angelina Jolie, e Ivete Sangalo.

O símbolo usado para nominar o gênero feminino é o de Vênus, a deusa do amor e da beleza na mitologia romana, equivalente à Afrodite, na mitologia grega: um círculo com uma pequena cruz equilateral embaixo. O círculo significa o espírito e a cruz representa a matéria.

Assim é a mulher: espírito e matéria. Capaz de registrar, perceber e transcender informações tão ambíguas e, ao mesmo tempo, tão complementares. Sensível, compreensiva, subjetiva, a mulher dá significado a tudo o que vê , sente, percebe e intui. Parte do seu interior para modificar o externo.